Saúde do Homem
Inscreva-se para receber
nossas newsletters
Busca Rápida

Bayer no Mundo
Bayer Links
Saúde Masculina

DST - DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

  • Imprimir
    Imprimir
  • Favoritos
    Favoritos

Verrugas Genitais

  • Tamanho da fonte:
  • A-
  • A
  • A+

Quanto tempo após a contaminação as verrugas genitais surgem no homem?

A incubação, ou seja, o tempo necessário para o surgimento das primeiras manifestações da infecção por HPV, é de aproximadamente dois a oito meses, mas esse período pode chegar a vários anos. Assim, devido a essa ampla variabilidade, torna-se praticamente impossível, quando surge a primeira verruga genital, determinar a época e a forma pela qual um indivíduo foi infectado.

Qual é a diferença entre as verrugas genitais e outros tipos de verruga que aparecem nas demais partes do corpo?

Nem todas as lesões de pele são verrugas, mas muitas delas têm em comum o mesmo agente causal: o HPV. Enquanto alguns tipos de HPV se desenvolvem melhor em determinadas áreas do corpo, como mãos ou pés, outros têm preferência pela área genital. A verruga genital, no homem, costuma desenvolver-se no pênis e na região próxima ao ânus, enquanto na mulher as áreas mais afetadas são a vulva, a vagina e o colo do útero.

As verrugas genitais masculinas se assemelham às que surgem em outras partes do corpo e, assim como estas, são geralmente assintomáticas. Elas podem ser únicas ou múltiplas, pequenas ou grandes, da cor da pele, róseas ou acastanhadas. Se não forem tratadas, costumam crescer em tamanho e número, adquirindo aspecto semelhante ao de uma couve-flor.

As verrugas genitais masculinas são vulgarmente conhecidas como "crista-de-galo", e sua denominação científica é "condiloma acuminado". Apesar dos vários nomes, trata-se da mesma lesão.

Há dois tipos de HPV: os de “baixo risco”, que causam a grande maioria das verrugas genitais masculinas, e os de “alto risco”, que provocam câncer de colo do útero e também podem gerar verrugas genitais masculinas.

Um pequeno número de tipos de HPV chamados “de alto risco” está relacionado ao desenvolvimento de câncer de colo de útero, vagina, vulva, pênis e ânus. Todos esses cânceres têm tratamento e podem ser detectados precocemente por exames simples e periódicos, ou seja, em consulta médica de rotina.

Tanto o homem quanto a mulher já infectados e que não apresentam verrugas visíveis desconhecem, na maioria das vezes, o fato de ser portadores do HPV e não sabem, portanto, que podem transmitir o vírus a seus parceiros sexuais.

No entanto, a evolução, a manifestação e o tratamento do HPV são distintos no homem e na mulher. Isso se deve, principalmente, às diferenças anatômicas e hormonais existentes entre ambos os sexos. No organismo feminino existe um ambiente mais favorável ao desenvolvimento e à multiplicação do HPV, o que propicia a ocorrência de complicações mais sérias, como lesões, que se não forem tratadas poderão evoluir para algum tipo de câncer.

É possível que indivíduos que não mantêm relações sexuais há vários anos desenvolvam as chamadas verrugas genitais?

Sim. O contato com o HPV pode ter ocorrido há vários anos, mas este se mantém latente. A diminuição da resistência do organismo costuma desencadear a multiplicação do HPV e, consequentemente, provocar o aparecimento de verrugas genitais.

Conforme a localização das lesões, torna-se difícil verificar a presença de verrugas genitais apenas pelo autoexame. Nem sempre é possível notar a diferença entre uma verruga e outros tipos de lesão de pele. Dessa forma, sempre que houver suspeita de infecção por HPV, é altamente recomendável procurar o médico. Esse profissional não apenas vai orientar e tratar o paciente como também indicar exames apropriados caso seja necessário. De modo geral, o diagnóstico das verrugas genitais masculinas pode ser realizado durante uma simples consulta. Entretanto, o diagnóstico de infecção subclínica requer exames feitos com aparelhos equipados com lente de aumento (colposcópio ou lupa). A infecção latente só pode ser diagnosticada por meio de testes laboratoriais sofisticados, que têm indicação restrita a casos específicos.

Sim, muitas pessoas ficam decepcionadas. Podem sentir vergonha, diminuição do desejo sexual, medo de ter câncer ou revolta contra os parceiros sexuais, embora quase sempre seja impossível saber exatamente em que época ou de que forma ocorreu o contágio por HPV.

As áreas mais comuns de aparecimento das verrugas genitais no homem são a glande, o prepúcio e o meato uretral. Entre as mulheres, são mais afetados os pequenos lábios, o introito vaginal e o períneo. Em ambos os sexos, essas lesões também ocorrem no ânus e no reto, não necessariamente relacionadas ao coito anal.

Leia também
< Voltar
  • Como compensar os abusos

    Exagerou no churrasco ou nas porções do barzinho?

    + mais
  • Depilação a laser

    Todo homem acostuma-se desde a adolescência a fazer a barba.

    + mais
  • Espermograma

    À primeira impressão, a tarefa é das mais fáceis. Afinal de contas, a masturbação deixou de ser um tabu há tempos.

    + mais
  • Esportes de Verão

    A praia oferece atrativos que vão muito além do descanso sob o sol. Entre eles está a prática de exercícios na areia.

    + mais
  • Dia do Homem

    Uma pesquisa mostra o hábito do cuidado da saúde masculina e sua importância

    + mais
  • Traiu e se arrependeu

    Mesmo uma relação estável está sujeita a traições. A principal justificativa da infidelidade é a crise na relação.

    + mais
Avançar >