Bayer Logo Bayer Logo Bayer Logo Bayer Logo

Dicas para colocar opções vegetarianas no dia a dia

 Tempo de leirura: 5 minutos

 Publicado em segunda-feira, 01/11/2021 - 11:00

É bastante provável que você tenha começado a ouvir falar mais sobre vegetarianismo nos últimos anos. Apesar de esta opção de dieta fazer parte de algumas culturas há muito tempo, a substituição do consumo de carne por alimentos de origem vegetal ganhou força na sociedade ocidental, inclusive no Brasil, recentemente e é apontada como tendência para os próximos anos.

 

Uma pesquisa da consultoria Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC) deste ano, por exemplo, apontou que 46% dos brasileiros deixam de comer carne pelo menos uma vez na semana por vontade própria. O mesmo estudo aponta que 32% dos entrevistados escolhem uma opção vegana quando essa informação é destacada no cardápio de um restaurante.

 

Esse comportamento faz parte de uma tendência de busca por alimentação mais natural, incentivado muitas vezes por benefícios nutricionais que ela pode trazer. Ao trocar a carne vermelha, por exemplo, por leguminosas, reduz-se o consumo de gordura saturada, ligada à ocorrência de doenças cardiovasculares.

 

Você já faz parte desse movimento da sociedade? Quer fazer, mas não sabe como?

 

Separamos algumas dicas que podem te ajudar no dia a dia a substituir a carne por alimentos de origem vegetal.
 

1. Procure um nutricionista

Esse profissional analisará sua dieta atual, suas necessidades nutricionais e poderá indicar as substituições adequadas para a carne no seu dia a dia. Isso vai ajudar a evitar enfermidades decorrentes de deficiência de algum nutriente no seu organismo, o que poderia ocorrer com uma variação grande na dieta.
 

 

2. “Segunda sem carne”

A “Segunda sem Carne” é uma campanha mundial, que quer incentivar as pessoas a experimentarem uma dieta, como o nome diz, sem carne por pelo menos um dia. Com isso, convida todos a começarem a semana com um dia inteiro de consumo de alimentos vegetarianos.  A ideia é mostrar as alternativas à carne para quem ainda não as conhece, educando a  população sobre possíveis substituições no prato. Esse é um bom jeito de colocar mais opções vegetarianas no cardápio cotidiano porque estabelece previamente um dia para isso e te ajuda a conhecer opções de receitas que no futuro podem passar a fazer parte da sua dieta.

 

 

3. Programe-se

Parte do sucesso da campanha “Segunda sem Carne” é ajudar as pessoas a se prepararem para substituir a carne por alimentos de origem vegetal. E se programar é uma dica importante para qualquer mudança que você queira fazer no seu estilo de vida: sem um plano de ação claro costumamos recorrer ao que já estamos acostumados - nesse caso, comer carne.

Estabeleça quantas refeições vegetarianas por semana você quer fazer e defina previamente o cardápio delas. Assim, você já sabe o que fazer ou pedir para comer, diminuindo a chance de desistir da ideia e acabar comendo carne porque já está acostumado.
 

 

4. Conheça as fontes de proteína de origem vegetal

Essa é uma das mais importantes! Não adianta diminuir a carne na sua alimentação e não repor as proteínas necessárias na quantidade correta para se manter saudável através de alimentos vegetais. A falta de proteínas pode causar fadiga, queda de cabelo, perda de massa muscular e até afetar o sistema imunológico.

 

O grão de bico, o arroz e feijão, a quinoa, as nozes, ervilhas, lentilhas, brócolis, aveia e açaí são algumas das diversas fontes de proteínas vegetais que você pode incluir na sua dieta quando quiser substituir a carne.

 

 

5. Apps com receitas e/ou indicações de restaurantes

Para facilitar ainda mais e dar na sua mão (literalmente) inúmeras opções para não comer carne, existem aplicativos que podem ajudar com receitas e indicações de locais para comer fora de casa. O Guia Restaurante Vegetariano, o I’m Hungry e o 21 Vegan Kickstart são opções para te ajudar a decidir o que comer quando não quiser carne no prato.

 

Agora que você já tem algumas dicas, que tal inserir mais opções vegetarianas no seu dia a dia? É com informação de qualidade que a gente encara de frente as decisões e escolhas do nosso dia a dia.
 

COMPARTILHAR

Referências: